Dia do Cerrado, dia do Ary

Serra do Pouso Alto - uma linda imagem do nosso cerrado

Serra do Pouso Alto – uma linda imagem do nosso cerrado

Em 11 de setembro de 1973, aconteceu o Golpe de Estado do Chile. Em 11 de setembro de 2001, as Torres Gêmeas, nos Estados Unidos, sofreram um atentato. E em vários outros 11 de setembro, muitas coisas aconteceram. Um desses dias 11 foi especial: meu pai nascia, em 11 de setembro de 1939. E no dia 11 de setembro de 2003, foi instituído o Dia do Cerrado em sua homenagem. Então, pra mim, é dia do meu pai e é Dia do Cerrado. Como meu pai não está mais aqui fisicamente, fica sendo um dia de lembranças e de muito amor, embora eu não precise de um dia específico para pensar nele. E fica sendo um dia de reflexão sobre o cerrado, meu cerrado tão amado, tão querido, tão entranhado em mim. Será que é por causa do meu pai? Será que é porque eu nasci em Brasília e nunca saí daqui? Seja pelo o que for, é um fato. E eu me sinto completamente conectada e adaptada a esse espaço/lugar tão pouco apreciado mas que me dá tanta força, tanto carinho, tantas bençãos…

Talvez o blog do Esquadrão da Vida não fosse o lugar para escrever sobre isso. Ou será que seria? Acho que sim… Ontem participei do Sarau do Cerrado, lá na Câmara Legislativa. Foi muito emocionante pra mim. Quando me chamaram para fazer uma participação em homenagem ao meu pai, fiquei nervosa. Fiquei nervosa e feliz, porque tenho tido vontade de falar sobre isso. Falar sobre essa relação e como ela reverbera em mim e no meu trabalho com o Esquadrão. É muito delicado, mas também é muito bom. Não sei explicar direito, mas as oportunidades que tenho tido de falar sobre isso vão me colocando nos eixos e me fazendo descobrir e redescobrir várias coisas.

O fato é que ontem, na presença do senador Rodrigo Rollemberg, do deputado Joe Valle e de André Lima, todos envolvidos com políticas públicas para o meio ambiente e a sustentabilidade, fiquei bastante pensativa. Primeiro, confesso que ao mesmo tempo que fico feliz com a homenagem ao meu pai, não gosto que haja um Dia do Cerrado. Isso pressupõe que precisamos olhar para esse bioma com cuidado, porque ele está sendo maltratado (e eu, com essas palavras, panfletária). É como o Dia do Índio – todo dia era dia de índio, né? Todos eles se mostraram céticos quanto à aplicação de leis que defendam o cerrado, como a PEC do Cerrado e da Caatinga, (PEC) 504/10, do Senado, que inclui o Cerrado e a Caatinga entre os bens considerados patrimônio nacional. Rodrigo Rollemberg disse, inclusive, que se a votação for feita agora, provavelmente será barrada. Então fica tudo por isso mesmo. Só não fica porque existem muitas pessoas indo atrás, falando sobre, discutindo, refletindo, trabalhando… E, no final das contas, existe agora um Dia do Cerrado que nos obriga a pensar e falar sobre isso. Hoje mesmo fui ao IFB (Instituto Federal Brasília) campus de Planaltina, falar sobre o por quê da criação desse dia. E daí, muitas pessoas vieram até mim, emocionadas, dispostas a defender e falar sobre esse nosso cerrado lindo e nada óbvio.

Ontem e hoje representei o Esquadrão com a minha presença – no Sarau do Cerrado e no IFB. Disse que mesmo assustada com a falta de interesse e apoio dos políticos (a maioria deles, pelo menos) à questão do cerrado, tinha certeza de que a Arte promove mudanças em todos os níveis. Que sustentabilidade, essa palavra tão falada ultimamente, não é somente uma palavra usada por ‘ecochatos’. Sustentabilidade tem a ver com o modo como a gente age com os outros, como cuidamos de nós mesmos e dos outros. Como contribuímos para que esse mundo seja mais justo, tenha mais harmonia, mesmo sabendo que somos da raça humana. Essa raça tão linda mas também tão agressiva. E a Arte, tão poderosa e transformadora, é uma grande arma, que combate burrice, estupidez, arrogância… Foi meu pai que me ensinou isso. Me ensinou que seguindo meus sonhos, acreditando no meu trabalho, posso ir mudando o mundo para melhor, de pouquinho em pouquinho.

Então é isso… Comemoremos o Dia do Cerrado! Aê, pai! Abalou Bangú! 😉

Um beijo carinhoso a todos que lerem esse meu post!

Maíra

PS: Salve Raul de Xangô! Salve Jurema! Salve Reynaldo Jardim!

Saudades e muito amor!

Foto de Iva Neiva, 1994. “Na Rua com Romeu & Julieta”

Anúncios
Esse post foi publicado em Depoimentos, relatos e afins. e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

8 respostas para Dia do Cerrado, dia do Ary

  1. Régia Carpanezzi disse:

    Salve vc, Maíra, por ser essa irmã tão querida da minha sobrinha. Continue assim. Q Deus te proteja sp.

  2. adrixramos disse:

    Maíra, muito legal seu texto. A coisa boa do dia do cerrado ser o 11 de setembro é que o Ary segue ensinando as pessoas a amar o cerrado. Lembro que quando cheguei à Brasília vindo do Rio e da Amazônia, o cerrado para mim parecia uma floresta queimada, e foi pela arte e militância do Ary e do Esquadrão que aprendi a admirar sua beleza e encantos. E foi com vocês que vivi momentos memoráveis da luta ambiental, como quando o Esquadrão adentrou o auditório do IBAMA cantando Bichos Escrotos em uma manifestação em defesa da Mata Atlântica.

    • Querida Adriana,

      você lembrou de um momento muito forte pra nós, até hoje. Acho que esse preconceito contra o cerrado ainda é muito forte, infelizmente. Como eu disse no meu texto, o cerrado não é nada óbvio e isso é uma das coisas a seu respeito que me fascinam muito. Fico lisonjeada e feliz com as suas palavras, muito obrigada, de verdade!
      Um beijão,

      Maíra

  3. katia R. Rabelo. disse:

    Oi Maíra,parabéns pelo seu trabalho,suas intenções, sua homenagem à seu pai e pela sua importante preocupação com o cerrado. É isso aí, todos nós podemos fazer um pouquinho
    pela natureza e por este cerrado maravilhoso que temos aos nossos olhos e ao nossos pés.Moro em Belo Horizonte, e sou conterrânea do Charles.Tenho um CD “Flor do Cerrado”, e gostaria que você conhecesse. Vamos trocar esta informações? Abraços…
    Katia. R. Rabelo.

  4. d disse:

    Saudoso ary! e saudoso raul de xango tambem, falecido há tres meses…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s